sábado, 8 de outubro de 2016

Sinais dos Tempos - É chegada a hora...

Há tempos a humanidade foi avisada de suas iniqüidades, há tempos foram avisados do porvir, pois eis que o noivo caminha para encontrar-se com seu destino. Nada há mais de pedir por este plano, pois seu destino está selado, não foi por falta de misericórdia que rangerão os dentes dos inocentes e dos ímpios, não foi por falta de paciência que sucumbirão os maus à força criativa que os gerou. Os céus já não mais refletem o amor de vosso Pai, tornou-se verdadeiro campo de concentração de forças celestes a se preparar para a grande batalha. Nunca se viu tamanha destruição, desde a primeira chama de vida neste planeta. Nunca foram tão amados e instruídos, além do que mereciam, eis que agora chega a hora da prestação de contas daquilo que não fora cumprido de vossa parte. O calor queimará toda a maldade interior, as águas purificarão toda a falta de amor de vossos espíritos. Não podeis imaginar quão gloriosa é a carruagem que se prepara para a descida do teu Senhor, mas saibam que desta vez não virá em vestes brancas, mas em couraça de batalha. Mudará todas as definições de mal e bem, todas as zonas espirituais próximas ou relacionadas com vosso plano serão exterminadas e novos e grandes paraísos serão criados. Agora já não vos resta um tempo inteiro, o braço do Criador desce como marreta a pregar a verdadeira mensagem de justiça. Aos que ainda não ouviram, aos que ouviram e não compreenderam, aos que fizeram pouco de seus avisos deixo-vos a bandeira da redenção, não mais para abraca-la mas para observarem a grandiosidade de teu Deus. O Senhor tem em mãos a espada flamejante que cortará os dois últimos selos do livro da vida. Não há preparação possível e mesmo assim começarão a destruição de vosso modo de vida por si mesmos. Aos justos, jejum e oração, para que não sucumbam no último dia, não mais peçam por misericórdia, arrecadem forças para suportar o que há de vir. Protege com vossas vidas os escolhidos da Criação, não permitam que o mal se apodere de suas inocências. Ao contrário, ensinai a esses pequeninos a quem devem honrar em oração. Quando o homem pensar estar no controle, cairá grande bola de fogo do céu a queimar sua arrogância, não vos desesperes pois é impossível parar o braço de teu Pai, ao contrário, busca nesse sofrimento vindouro a oportunidade de te colocardes prostado de joelhos diante da glória celestial. Não haverá distinção de céu e Terra, vossas mentes arrogantes terão destruídas todas as teorias insanas que fazem pouco da perfeição da criação. Vossas inteligências nem de longe tem como conceber o tamanho da glória do Senhor, e muitos dirão: "O Senhor é mal", estes serão queimados primeiro. Ao escurecer daquele dia, busquem na proteção de seus lares a última oportunidade de resignar-se ao sofrimento profetizado, entreguem vossos espíritos àquele que os criou. Nem mesmo a chama prometida vingará naqueles dias que serão três. Apenas a luz dos pequeninos do teu Pai iluminarão a casa dos justos. Cuidai de vossos espíritos, pois vossos corpos já estão condenados. O inimigo tentará até o último suspiro humano arrecadar almas santas, mas sabeis que nada pode aqueles que vieram depois do único, daquele que não foi gerado mas gerou a tudo que podeis ver e imaginar. Estejais atentos oh justos do Senhor, sereis encaminhados a nova terra, onde poderão, longe da destruição necessária, reconstruir aquilo que foi puro em sua essência criativa. Mesmo os escolhidos que não cumprirem com essas orientações, serão dizimados. Oração e entrega, fazei de vossos momentos diários de meditação espiritual uma entrega verdadeira ao teu Senhor. A destruição pelos homens não será nada comparado a destruição pelo poder do Senhor, para que compreendam que nada sabem sobre os segredos da vida e do universo. Àqueles que como Tomé sobrepujam a sua arrogância aguardando aos olhos o momento do Senhor, olhai com vigor para o céu, verão quão inútil é tua inteligência adquirida com tua prepotência. Santificado sejam os lares dos profetas, purificados sejam os leitos dos escolhidos, suas vestes serão singidas com o sangue redentor. Eis que vos demos por esta a oportunidade de ouvir por uma última vez o clamor dos anjos pelo que há de vir, aos que tiverem ouvidos para ouvir que ouçam, aos demais terão na escuridão eterna entregues os vossos destinos.

Natanael