segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Ingratidão



Ao enfrentarmos os transtornos diários, nem nos damos conta das pequenas inserções que nosso Pai maior faz em nossa alma. Vemos com incredulidade todo tipo benção alcançada diariamente, desde que não estivéssemos esperando, damos crédito ao acaso por cada pequena vitória, e damos crédito ao nosso esforço às grandes vitórias. Deus na nossa vida, quase sempre, é colocado no papel de coadjuvante de tudo  que nos beneficia, e colocado como protagonista quando algo nos prejudica. Já pararam para pensar o que sente um Pai tão carinhoso diante de tanto desdenho e egoísmo? O que sentiríamos se nossos filhos se portassem assim? O que dizer a eles quando colocam em nós, pais, a culpa por tudo que lhes aconteceu de ruim?
Olhar com os olhos de Deus, essa é a chave do sucesso. Olhos misericordiosos e cheios de amor, querendo apenas a felicidade de seus filhos tão queridos. Já pararam para pensar quanto tempo "perdem" assistindo uma missa ou um culto? Será que realmente vamos à casa do Senhor para cumprimentá-lo e agradecê-lo, ou vamos apenas cumprir uma promessa, ou uma obrigação de bom cristão. Será que saímos de casa com a mesma felicidade que teríamos ao sair para aquele show do nosso cantor favorito...
É hora de parar de maltratar nosso Pai, imaginem quanto desgosto planejar com todo carinho sua caminhada, seus deslizes, suas vitórias, seus empreendimentos e receber em troca apenas desconsideração e acusação...
Dizem por aí que a vida é curta e é única, que se deve aproveitar. Você realmente aproveita a sua vida, ou apenas permite que os outros façam dela um objeto de desejo e diversão?
Qual o verdadeiro sentido do aproveitar a vida? A resposta está presa em nossa garganta, sempre temos uma resposta automatizada que, de verdade, não nos preenche a alma, apenas nos dá a sensação de ter respondido à pergunta. Quanto vazio sentimos após chegar do "aproveitar a vida" e ver que nada somos além de um grão de areia, em meio ao um imenso mar de desgosto e descontentamento com o próximo amanhecer.
Sim, você tem muito a agradecer a seu Pai maior, ele permitiu que você estivesse lendo isso hoje, ele permitiu que você amanhecesse mais um dia, mesmo sabendo que você irá ignorá-lo novamente na primeira oportunidade. Mas há uma grande certeza, voltará para Ele assim que o desespero bater e estiver em uma situação angustiante. Onde estão aqueles que "aproveitaram" a vida com você? Sim, só sobrou Deus, teu Pai de amor e compreensão. E a cada lágrima que escorre de teus olhos ele chora contigo e te segura em seus braços paternos. Se ele te deixa chorar, é porque às vezes precisamos chorar para sorrir verdadeiramente.
É chegada a hora de parar e agradecer, simplesmente agradecer, por tudo inclusive as adversidades que o fizeram chorar, pois foi aí que Deus te demonstrou o quanto te ama, te deixando mais forte para enfrentar o mundo, teus semelhantes, tão ingratos quanto você.
Procurem, meus irmãos, descobrir o que Deus espera de vocês no dia de hoje, e verão quanta felicidade ao serem derramadas todas as bençãos que a vós foram reservadas.
Muita paz a todos.

Boanerges Teixeira