domingo, 31 de agosto de 2014

Humanos ou divinos...

Somos uma pequena porção humana, com um enorme tempero divino. As lutas, discussões e dissensões diárias, muitas vezes nos levam ao limite do nosso racional. Nos pegamos inseridos repentinamente em brigas, discussões acirradas e injúrias diversas. Já percebeu que quase sempre entramos sem saber nessas brigas cotidianas? Quando nos percebemos já estamos dentro, e aí nosso orgulho diz: "Ah, agora tenho que vencer!". Te digo em verdade, já perdeu ao entrar na briga, envergonha grandemente o divino que mora em teu coração. Nossa humanidade cerra os ouvidos do espírito, para que não ouça aquela voz que diz: " Não ligue, esse irmão está perturbado... ". E persiste em uma luta ou discussão sem vencedores, perde a criação. Já te disseram para contar até dez em momentos de raiva, lembra? Esse conselho não é humano, é de Deus, ele quer que você abra espaço para que teu espírito seja instruído pas forças do bem, para que naquele momento crucial, não sejas prova na vida de ninguém, mesmo você estando com a razão. Serás sempre luz em tidas as ocasiões, dá tempo ao guardião que te guia os passos, ele traz consigo o melhor do amor de teu Pai. A raiva, o ódio, o rancor, nunca vencerão o amor, e assim, sempre será vitorioso, e um cavaleiro valoroso do exército divino.


Posted via Blogaway