terça-feira, 14 de outubro de 2014

O Silêncio é prova de amor

Será mesmo necessário expressar tudo que pensamos sobre algo ou alguém? Será mesmo uma virtude a sinceridade sem limites? Creia, há verdades que não podem e não devem ser ditas. Muitos de nossos conceitos são somente nossos, e julgamos como verdade sem uma análise cristã das palavras a serem proferidas. Um silêncio na hora certa vale mais que tida tua sinceridade. Isso chama-se compaixão, pelos teus irmãos, pelo teu mundo, pelo teu Criador. Limita tuas opiniões ao sofrimento alheio, não espera compreensão daquele que sofre, fazes tu a tu parte. Uma palavra na hora errada pode condenar uma alma, assim como uma palavra colocada em certo momento pode salvar outra. Leva sempre tuas opiniões ao crivo do coração, não da mente que julga tão sábia. A verdadeira sabedoria é divina, e não te pertence, senão apenas uma vaga idéia. Sede manso, humilde e criterioso ao dirigir tuas palavras, lembrem-se que outros também te dirão algo em algum momento. Então, que tua boca seja abençoada, tanto quanto as intenções do teu coração.



Posted via Blogaway