sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Paz

E o mundo clama por paz. Famílias despedaçadas, crianças torturadas, violência sem propósito e sem motivação. Vivemos em tempos de decomposição física e moral, nada importa, nem mesmo a vida. Lutamos a vida inteira por uma suposta liberdade, por uma vontade de voar sem limites, e eis que ao alcançar parte ou toda dessa liberdade, nos entregamos aos devaneios insanos de nossos desejos imorais. Vemos no outro objeto, ou no mínimo um concorrente, quando não é inimigo. Oração virou sinônimo de breguice e de fanático, procurar a Deus é coisa de gente que não tem o que fazer. E devagarinho caminhamos rumo ao desconhecido conhecido, pois na fé aprendemos que temos um rumo, um norte e um objetivo nesse plano. O que fazer diante de tanta falta de responsabilidade espiritual e material, como driblar a enorme egrégora de terror que paira sobre a humanidade? Dizem nossos guias: Vigiai e orai...repete-se alguém que você conheça? Sim, Jesus Cristo repete em teu coração há mais de 2000 anos essa frase, e mesmo assim ignoramos como se fôssemos senhores do universo e de nossos destinos. Voltemos há momentos de maior reflexão, onde fomos escolhidos para cumprir uma etapa nesse plano, ou seja, não viemos a passeio, viemos evoluir, reparar e ir além. Somos mais que pedaços de carne pensante, somos racionais e temos um Pai amoroso que nos aguarda. Libertemos a luz que brilha em nossos corações, sejamos sempre menos diante das ciladas da matéria, busquemos o amor sem exceção, sem distinção. Saber buscar a paz, saber sentir a paz, é o que nos falta, nada podemos diante de tão poderosa força a nos puxar ao alto....o amor de Deus.


sábado, 7 de novembro de 2015

A Luz de um Novo Amanhecer



Lembrar de onde viemos e para onde vamos, é o princípio de todo ser humano que quer algo além de sobreviver. Buscar novos horizontes, ler e aprender todos os dias sobre a espiritualidade, orar sempre e de bom coração, levantar o espírito aos céus para ter o melhor do universo à volta. Sinta-se livre, não no sentido humano, mas no sentido divino, levantar do cômodo rumo ao dificultoso mundo da caridade, deixar de lado tuas pequenas ojerizas às mazelas alheias, sentar no chão com o leproso, alimentar as criancinhas que vagueiam sujas e sem roupas pelas ruas. Nunca deixe para amanhã o que teu espírito exige hoje, Deus teu Pai e Criador tudo te dá e nada te exige, o que te digo é que demonstres gratidão, se não para Ele, para a harmonia universal que te cerca criada por Ele. Vastos campos de luz se aproximaram da Terra nesses tempos onde as sombras parecem predominar, todas as colônias espirituais estão em alerta máximo para os grandes desencarnes coletivos, os guerreiros da luz já empunham suas espadas, os cavaleiros anunciadores já estão em vossa atmosfera, falta quase nada meus queridos para que se trave a maior batalha da história da criação, maior porque não dizer que nos tempos de Noé. Tremerão céus e terra, os dois se tornarão um só campo de batalha, a vida como a conhecem será mera lembrança dessa transição. Visões, visionários, videntes, religiosos, céticos, todos já vislumbram o medo em seus sonhos, a destruição que tomará conta de todo o universo. Enganam-se aqueles que subscrevem o fim ao seu planeta, pois eis que as trevas iniciaram sua batalha contra o Criador desde planos mais distantes e há de chegar a Terra.Muitos sucumbiram à falta de fé, ao medo do inexplicável por seus cientistas, mas digo a todos em verdade, permaneceis firme na fé, tragam para si como verdades as promessas do Cristo e nada há de te fazer tremer, mesmo diante da escuridão. A luz eterna de Deus Pai todo poderoso brilha e brilhará sempre sobre todos vós, acredite... 



#fé #amor #espiritualidade #Jesus #Deus

domingo, 20 de setembro de 2015

Maria Santíssima rogai por nós...

Amigos do peito,
Normalmente esse amigo se refere a vocês sempre tentando alegrar um pouco seus dias, mas hoje preciso dizer algumas palavras importantes aos seus corações.
São tempos difíceis, nós, homens, nunca estivemos tão egoístas, violentos e insensíveis. São milhares de choros diários provocados por nós direta ou indiretamente. Seja por pessoas honestas ou nas famílias daqueles que infringiram a lei. Trago pois a vocês minha experiência pessoal, nada de tentar converter ninguém, ou mesmo convencê-los disso ou daquilo. Peço apenas que me escutem. Muitas reflexões tem passado pela minha cabeça ultimamente, contas, dificuldades no trabalho, filhos doentes, e na minha fraqueza me senti preocupado, não por mim mas pela família que amo demais. Eis que no auge das minhas preocupações me senti abraçado fortemente, sabe aquele abraço de mãe quando a gente chorava ainda pequeno? Pois é, e pus-me a fazer o ofício de Nossa Senhora, Maria Santíssima. Me sobreveio então uma emoção indescritível, minhas forças voltaram e renasci espiritual e materialmente para enfrentar as tribulações do dia a dia. Sim, foi ela, a mãe das mães, aquela que sempre está para nos amparar quando caímos, a nos consolar quando choramos, a nos afagar a cabeça diante das dificuldades. Ah, minha gente, queria poder descrever pra vocês o que senti, poder mostrar como estava e como estou. Não é fé, é presença real, Ela me fala diariamente sobre tudo em meu coração, como Jesus é maravilhoso, quanto Ele espera de nós e o que espera de nós. Rezem, orem, se dirijam a Deus sempre, mas se lembrar-se desse amigo véi faça uma pequena oração a mãe de Deus, a rainha dos anjos, aquela que sempre será por ti, mesmo quando fores realmente falho e impotente. Ela te quer como filho, peça sua intercessão em suas angústias, suas tribulações, suas inquietações. Ela sempre estará lá meus amigos, eu garanto, se a fé escorregar por entre teus dedos, Ela te ensina a começar de novo, ela vai além de tua materialidade e carrega nos braços. Jesus amou muito sua mãe, levou-a pessoalmente ao seu reino, e fez dela rainha dos anjos no céu, e mesmo diante de todo carinho do santo filho, ela apenas se refere a nós como sendo serva de Jesus, a mensageira da boa nova, assim como outrora os discípulos de Jesus a seguiram também. Bom, espero ter transmitido minha alegria e deixo o mais terno abraço a todos nesta noite abençoada. Deus abençoe a todos, e que Nossa Senhora os cubra com vosso sagrado manto de amor.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Seres racionais da criação...será?



Meus queridos irmãos, é com muita tristeza que lhes transmito hoje essa mensagem. Não trago boas novas ou qualquer mensagem de esperança. pelo contrário venho lhes informar que falhamos. Sim, falhamos como seres humanos, como cristãos, como irmãos de um mesmo Pai, como animais racionais que subjugaram a maior parte da criação. É meus amigos, estive a observar o mundo, as pessoas, seus cotidianos e suas mudanças por assim dizer, lhes digo envergonhado, estamos vivendo um retrocesso de pelo menos uns 500 anos, não passamos hoje de animais sobrevivendo aos instintos, buscando viver para comer e nada mais. Somos incapazes hoje de parar e dirimir um problema sem grande celeuma, queremos mesmo é brigar, sempre. Somos incapazes de um "boa sorte" sincero a um irmão, no fundo nem nos importamos com sua caminhada. estapeamos, passamos por cima uns dos outros, roubamos, matamos, o que realmente somos? Criaturas divinas ou simplesmente divinas criaturas, que hoje poderíamos nos chamar de "animais incontroláveis", insaciáveis por sangue, por vencer sempre, por estar sempre por cima, de preferência esmagando alguém. A era dos animais chega ao fim, e logo, os menos dotados de adestramento serão castrados e lançados à jaula da ignorância novamente. Nosso planetinha passa por uma grave mudança amigos, irmãos, cristãos, onde velhas frequências espirituais serão exterminadas e uma nova construção se dará início, do zero, do primeiro tijolo, mas não mais da ignorância, mas da beleza do amor, da misericórdia divina, da associação pelo bem mútuo. Haverá muito choro e ranger de dentes, infelizmente, muitas mães debruçadas sobre os corpos dos filhos, muitos maridos debruçados sobre os corpos das esposas, mas ainda não será o fim. Serão alguns anos de sofridão extrema, de purificação pelo fogo, e depois virá a água limpando todo o sangue e anunciando o novo mundo. Os sinais já estão latentes nos céus e terra, mas nossa ignorância não permite que vejamos além. Grande clarão no horizonte anunciará o retorno do rei, vossa mãe descerá do sol irradiando amor durante a grande tribulação, mas poucos verão, poucos serão dignos de admirar a rainha dos céus descendo ladeada de anjos a cantarolar cânticos de louvor à seu filho. Aos que neste momento clamarem por sua misericórdia de mãe, será salvo pelo filho. Graças e louvores sejam dadas eternamente a nosso Senhor Jesus Cristo.

Um amigo.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Valer à pena (Mensagem Original do blog "Caminhos que vão além", também do nosso grupo)





Ah meu fi, se você visse o que eu vejo, da forma que eu vejo. Se você pudesse sentir cheiro da vida, ver as paia balançando e abanano as energia ruim pra longe, jogando fora as falta de amor e caridade. Onde tem natureza meu fi, num tem mardade, num tem pessoa querendo se vingar, num tem gente matano gente. As força da natureza estão sempre aí, purificando e transformano, levando coisa ruim e trazendo as bença de Deus.
Sempre que meu fi tiver de agonia, senta debaixo de um pé de pau, onde num tenha zuada de gente, de veículo, apenas o cantarolar dos passarim, aprende a ouvir a árvore respirando, os beija-flor levano e trazeno vida, os pequeno bicho se alimentano de fruta. Ouvi tudo, num pensa em mais nada, leva tua mente até a fonte de todas essas coisa maravilhosa, vira parte desse bunito ciclo de vida. E quando ocê voltar a realidade, a vida do dia a dia, vai perceber quanto se arrelia cum tão pouco, num dá valor as verdadeiras coisa que tem valor, num aproveita um bom abraço, nem um aperto de mão preocupado, nem um beijo de boa sorte.
É meu fi, vê a vida como nois vê num pe dificir, dificir é passar a vida tentando se destruir e todo mundo vive tentano. Nem toda briga vale a pena fi, aliás praticamente nenhuma vale, ficá nas graças de teu Pai criador de todas as coisa, isso sim vale muito a pena, alimentar um faminto, consolar uma viúva, visitar um homem de má vida e lhe dá a graça da segunda chance. Amar é o único segredo meu fi, num busca nada além de amor, todo o resto vira nada diante dessa dádiva. Mas há de despertar novamente o natural, o braço justo do Criador vai de novo afastar os mau e elevar os bom, ele nunca esquece seus fi querido, sua obra prima, mas ele também é justo, e nada vai aplacar seu senso de justiça. Cuida meu fi enquanto ainda dá tempo, pois há de escurecer e num amanhecer mais, ai já vai ser muito tarde pra se arrepender. 
Fica na paz, e louvado seja nosso senhor Jesus Cristo.


Pai Joaquim

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Uma dissertação sobre a vida

Um sopro de amor, e fez-se o homem, uma lágrima de compaixão e fez-se a mulher. Muito pouco se sabe sobre a origem, mas esse pouco é o infinito quando nos deslumbramos com tamanha demonstração de amor e confiança. Se a vida fez-se em sete dias, não importa, mas tinha ali um dedo de Pai, um olhar carinhoso a iluminar aquele lugar tão deserto e sombrio chamado Terra. Nem com mil palavras seríamos capazes de descrever o zelo, o cuidado, a harmonia e a perfeição da criação. Nem com muito estudo seremos capazes de compreender porque "nós". Muitas vezes buscamos conhecer a morte durante a vida, mas sequer sabemos viver. Lutamos contra nossos instintos animais e nos mostramos sábios e cultos de vez em quando, mas nem de longe chegamos próximo da centelha inicial. E assim seguimos crescendo, nem sempre respeitando o velho ciclo, queremos pular etapas, parar outras, esticar um pouco outra, mas ignorantes que somos não reconhecemos o verdadeiro e mais puro presente que já recebemos: o dom da vida.

Por Boanerges Teixeira


quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Perdoai-os Pai, pois não sabem o que fazem...


Indo além de vossas capacidades intelectivas, vários irmãos iludidos sob a falsa luz do conhecimento humano, buscam justificar seus erros e falta de amor. Tendem a buscar uma forma de amenizar o peso que lhe impede o progresso, alavancado pela moral irrefutável do amor divino. Sentem-se solitários, e em meio aos devaneios dessa solidão, desmerecem a força maior que os criou e os ama incondicionalmente, são incapazes de julgar com clareza seus pensamentos e rechaçam qualquer forma corretiva de dar créditos ao único que o tem, nosso Pai eterno e glorioso. Não vos deixei conduzir pelos falsos profetas, e eis que vos revelo, eles nada têm de humano, são como fumaça extremamente tóxica a induzir irmãos mais fracos e orgulhosos, multiplicando seus intentos perversos para entravar a evolução de vossa raça. Semear o bem, é o vosso dever, multiplicar o amor e a fé, não forçar religiões, mas graciosamente convencer através do amor quanto à indubitável verdade da criação e do Criador. Sede Manis e pacíficos, não percam um minuto sequer em discussões infrutíferas com corações endurecidos, purifiquem-se silenciosamente e orem para que a misericórdia de Deus possa alcançar esse irmão. Sim, respeitem as diferenças, mesmo quando elas tentarem violentar a vossa fé, esta reina em teu espírito e nada pode abalar. Gritem silenciosamente em oração, clamando a todos aqueles que já concluíram suas missões na terra, para seguir contigo essa cruzada em busca da salvação de teus iguais. Clamem fervorosamente ao Pai, para que ele subjugue tida sua corte de santos anjos a te abrir os caminhos que te conduzirão aos aflitos e necessitados. Implorem humildemente a mãe do Salvador, Maria Santíssima, para que ela possa guardar tua fé e tua coragem debaixo de seu manto de amor. Sede verdadeiros, sem dissenções, é o que vos peço em nome da Santíssima Trindade.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Não fuja do destino


As vezes seguimos achando que podemos ter todas as escolhas nas mãos. Achamos poder controlar tudo e nos esquecemos quem somos e de onde viemos. Palavras engasgadas podem significar vidas perdidas. Somos intuídos diariamente a seguir conforme nos acomodamos em nossas rotinas, mas a verdadeira intuição, aquela do coração, desdenhamos e a deixamos de lado para dar vazão à nossas vontades. Somos frutos da mesma árvore, da mesma fonte de luz eterna e superior, não podemos nos esquivar quando Ele nos pede pequenos favores para alimentar almas famintas. Sim, alguns ou a maioria de nós tem algum tipo de dom, e ele nunca é em favor próprio. Busquem no consolo do próximo a proximidade que tanto espera com teu Criador. Sede mansos e pró-ativos também. Essa obra não funciona sem todos os trabalhadores.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

O Princípio Verdadeiro


Dai de graça o que de graça recebeste. Dissertaremos hoje acerca dessa que é a frase que representa a verdadeira caridade. Somos sim, espíritos em experiência humana, porém tudo que é teu, o é desde a eternidade. Todos os dons a ti confiados tem um objetivo específico, um fim, é uma chave com fechadura certa. Sim, todas as capacidades que são tuas desde sempre, são dádivas que foram emprestadas para que se cumprisse um mister, colocasse a termo um plano grandioso, nunca para usufruto próprio. Tenhais em mente, será criminosa de teu Pai a cobrança pelos benefícios decorridos desses dons. Tudo que não conseguiu com teu esforço e estudo, deve ser gratuitamente oferecidos aos menos favorecidos, eis a lei. A caridade nega na essência aquele que se promove com algo que não batalhou para ter, que sequer a ti pertence. O orgulho mata o trabalhador de dentro para fora, ele esmaga a mínima conexão com a divina fonte de amor que vêm do Criador. Portanto dai, distribua conforto e consolação a quem necessitar, esquece que estás ali e sinta-se como um mero instrumento nas mãos dos emissários do Senhor. Resgata a humildade que a tempos foi esquecida em teu plano, busca para ti a satisfação de recuperar o posto ao lado dos trabalhadores da santa obra. Regozija-se pois simplesmente em ajudar, em ver se outro feliz, pois a seu tempo terás a recompensa dos justos.