quarta-feira, 5 de março de 2014

A Verdadeira Coragem


Sempre pode-se fazer um pouco mais. Sente-se cansado e extremamente extenuado de tua rotina, porque não dizer também de tuas poucas caridades diárias. A cabeça ferve e pensa logo em repensar sobre tudo, só pode estar algo errado, porque precisa se dedicar tanto a tanta coisa? Em verdade te digo, sábia reflexão. Porém, não tão sábia as escolhas do que deves retirar da tua rotina. Já parou para pensar quantas vezes pensou em desistir de idéias que visam a pura caridade, como visitar aqueles irmãos doentes, colegas de trabalho sofredores, ajudar aos desabrigados? Agora compare quantas vezes pensou  em desistir da bebida no fim de semana, das festas com os amigos, dos pequenos prazeres gastronômicos, que chegam a ser egoístas diante da quantidade de irmãos que passam fome, dos pequenos luxos que "por direito" se dá, afinal trabalha tanto?! As prioridades invertem-se quando sua qualidade moral é abalada, talvez por falta da proximidade com Deus, talvez por sentir-se importante demais para privar-se desses desejos tão "inocentes". Já passa da hora de saber qual modelo queres seguir, não existe meio termo a este ponto que chegamos a humanidade. O sofrimento é crescente e falta de trabalhadores para o bem chega a ser preocupante. Sim, é verdade que teu Pai cuidará sempre dos justos e esforçados, por mais que seus esforços de mudar o mundo sejam ineficazes. Provavelmente esta é a chave, na tua visão opaca são esforços ineficazes, por isso nem se arrisca, mas para o Senhor, uma alma que se salva é motivo de muita comemoração e alegria. Cada ovelha que retorna ao seu rebanho é servido um banquete, os céus brilham em luz divina de esperança. Esperança essa que Deus nunca perdeu em relação a nós. Ele nos espera diariamente à porta de seu reino, ansioso para te abraçar, para te curar as feridas e te dizer: Acabou! Agora goza da tua merecida recompensa ao meu lado. Sempre que tua mente quiser te pregar uma peça, eleva teus pensamentos ao Pai, imagina-o no portão de seu reino a te esperar, e vence! Vencr o cansaço de mais um dia de trabalho e segue a ajudar quem precisa, cuida dos doentes e das viúvas, cuida dos pequeninos do Senhor que passam fome. Seja mais para Deus e menos para o mundo. Primeiro sinal de vitória será quando o mundo te criticar por essas mudanças, Deus estará te aplaudindo de pé. Buscai o verdadeiro reconhecimento, o do espírito. És filho do altíssimo antes de ser de tua mãe. Luta bravamente e aguarda, pois a vitória é certa.