segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Carta do Dr. Bezerra de Menezes (mensagem recebida em 09/10/2011)



O vosso orgulho está cegando vossos olhos. Os avisos estão chegando aos milhares e insistem em desconsiderar a urgência da mensagem celestial. Avizinha-se o momento da separação do joio do trigo.
Despertem no interior de vossos espíritos o amor de Deus. Despertem para a verdadeira vida que vos espera.
Coloquem-se em guarda quanto às armadilhas do vosso mundo material. Muitas serão as provas e tentações, somente os puros de espírito estarão com o Cristo na hora derradeira.
Há poucos meses estive convosco em mensagem e expus a urgência em reformar vosso interior. Muitos poucos de vós modificaram o modo como vêem a vida. Apenas alguns poucos levaram a sério quando lhes foi anunciado a volta do senhor de tudo.
Não sou ninguém, apenas mais um mensageiro e estou hoje lhes enviando mais uma súplica. Entreguem-se nas mãos do criador. Deixem de mão a eterna vaidade que encobre vossos corações. Vivam literalmente como se estivessem vivendo o último momento, pois em verdade, é chegada a hora. Pouquíssimos no atual mundo em que vivem podem ter a certeza de um novo recomeço. Deus clama a vós para um arrependimento sincero.
Meus amados irmãos, extinguam de vossas vidas toda a prepotência, orgulho e falta de fé. Não há mais tempo, e se estou lhes falando hoje desta forma, é porque provavelmente não me será mais permitido avisar-lhes e tentar acordar vossas almas.
Muito choro e ranger de dentes se ouvirão, e só assim irão aprender a ouvir o Deus vivo que reina dentro de vós . Lembrem-se, nem que seja no último minuto, somente o criador pode lhes dar salvo conduto da hora derradeira.
Orem meus filhos, orem mas não por vossas almas. Orem primeiro pelos vossos irmãos e só assim estarão um pouco mais próximos de conseguir um lugar ao lado do Pai celestial.
Fiquem com a luz de nosso senhor Jesus Cristo.

Bezerra de Menezes